Citações Diretas Indiretas – Como Fazer nas regras e Normas ABNT

citação-direta-e-indireta

Uma citação é definida como uma informação mencionada extraída de outra fonte. Sempre se deve fazer a devida referência ao autor do texto que se usa como fonte. Não há problema de acessar inúmeros links, de usar muitos livros e periódicos. O importante é que tudo esteja com as referências completas de acordo com o padrão escolhido para que não haja problemas no momento da avaliação pelo professor e, na pior das hipóteses, judicialmente. Confira a diferença e como fazer citações direta e indireta segundo normas abnt.

Tipos de Citações

Citação direta:

A citação direta é transcrição literal de parte de uma obra. No caso das citações diretas de até três linhas, devem estar em aspas duplas, sendo que as aspas simples são usadas para indicar uma citação que o autor da citação usou. No caso de citação com mais de três linhas, deve haver um recuo de 4 centímetros da margem esquerda, sem aspas e estar com letra menor. A ABNT não delimita qual deve ser o tamanho, comumente adota-se fonte 11 para um texto escrito em 12.

Por exemplo:

Esse era o drama vivido por Samsa: “Já no decorrer primeiro dia o pai expôs toda a situação financeira e as perspectivas tanto à mãe quanto à irmã.” (KAFKA, 1997, p. 41).

Só no crepúsculo Gregor Samsa despertou do sono pesado, semelhante a um desmaio. Mesmo sem ser perturbado, certamente não teria acordado muito mais tarde, pois sentia que havia descansado e dormido suficiente; pareceu-lhe contudo que um passo fugidio e o fechar cauteloso da porta que dava para a antessala o tinham despertado. (KAFKA, 1997, p. 33).

Citação indireta:

Na citação indireta, o texto em que se baseia em parte de uma obra. Não é uma ideia nossa e está expressa em alguma obra, também é conhecida como citação livre. Neste caso, por o número de página em que se encontra a ideia é opcional.

Por exemplo:

Foucault (1977) apresenta que o poder se exerce em rede.

 

Citação de citação:

A citação da citação utiliza a citação de uma obra. É usada quando não se consegue acessa a obra citada para fazer a devida referência, utiliza-se o apud, palavra em lati que significa citado por.

Por exemplo:

Este afirmava as “belezas da religião cristã” (CHATEAUBRIAND apud SLOTERDIJK, 2016, p. 69).

Tenha atenção ao uso do apud, ele pode não ser muito bem visto por uma banca examinadora, evite usá-lo a todo o momento. Sempre procure encontrar a obra original e lê-la.

 

Normas ABNT para Citações

Para cada um desses tipos deve-se seguir um tipo de norma, segundo a ABNT.

Antes de entender a especificidade de cada uma, é preciso escolher um tipo de padrão de referência que se seguirá no trabalho. A ABNT dispõe 2 tipos, e deve-se adotar somente um método em todo o trabalho:

Sistema de chamada:

É um sistema em que as citações recebem suas indicações seguindo o padrão autor-data ou numérico.

Sistema autor-data

A identificação de cada autor ou de entidade deve ser feito logo após a citação a partir do sobrenome, data de publicação do documento e as páginas citadas, com a separação de vírgulas e entre parênteses.

Confira exemplos desse tipo de sistema abaixo.

Exemplos de citações diretas dentro do texto:

Esse era o drama vivido por Samsa: “Já no decorrer primeiro dia o pai expôs toda a situação financeira e as perspectivas tanto à mãe quanto à irmã.” (KAFKA, 1997, p. 41).

Nas referências o leitor poderá encontrar:

KAFKA, Franz. A metamorfose. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

Castro (2015, p. 35) define sobre a obra do antropólogo Lévi-Strauss: “O autor viu nesse conflito de antropologias uma alegoria barroca do fato de que uma das manifestações típicas da natureza humana é a negação de sua própria generalidade”.

Nas referências o leitor poderá encontrar:

CASTRO, Eduardo Viveiros de. Metafísicas Canibais: elementos para uma antropologia pós-estrutural. São Paulo: Cosac Naify, 2015.

 

Exemplo de citação indireta dentro do texto

Nietzsche (1998) faz uma genealogia do cristianismo.

Nas referências o leitor poderá encontrar:

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da moral: uma polêmica. Tradução de Paulo Césa de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

 

Exemplo de citação direta com e sem autoria dentro do texto

Por vezes encontramos matérias de jornal que são importantes para citarmos, mas não sabemos qual é a autoria, nesse caso, deve-se por o título seguido de reticências, com a data de publicação, separado por vírgulas e entre parênteses. Caso o título comece com artigo indefinido ou monossilábico, deve ser incluído na fonte.

Afirmou a respeito da nova medida “o programa permite que Estados em calamidade financeira deixem de pagar a dívida com a União” (TEMER…, 2017, p. A25).

Nas referências o leitor poderá encontrar:

Temer aprova projeto de socorro a Estados. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A25, 20 mai. 2017.

Relatou o jornal (NO BRASIL…, 2017, p. B10) que não se sabia se um ataque realmente ocorreu, pois todos os computadores foram desligados.

Nas referências o leitor poderá encontrar:

No Brasil governo e empresas desligaram computadores. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. B10, 12 de mai. 2017.

 

Exemplo citação indireta de várias obras de um mesmo autor

No caso de um conceito de um autor estar expresso em várias obras que estão sendo utilizadas no trabalho, deve-se por no texto:

O poder se exerce em rede (FOUCAULT, 1977, 1988).

Nas referências o leitor poderá encontrar:

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. Tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis: Vozes, 1977.

______. História da sexualidade. Tradução de Maria Thereza da Costa Albuquerque e J. A. Guilhon Albuquerque. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

 

SISTEMA NUMÉRICO

Neste sistema há uma numeração que indica em algarismos arábicos qual a referência. Esse número deve remeter a uma lista que está ou ao final do trabalho. Nunca se deve iniciar a numeração de citações em uma página, deve-se seguir a mesma numeração em todo o trabalho, ou capítulo ou parte. Esse sistema não pode ser utilizado quando há notas de rodapé. A indicação da numeração deve ser feita entre parênteses, alinhada ao texto ou um pouco acima, como uma nota, sempre após o sinal de aspas que fecha a citação.

Exemplo de sistema numérico

Afirmou Sloterdijk: “a transcendência também surge do desconhecimento do impetuoso.”(1)

ou

Afirmou Sloterdijk: “a transcendência também surge do desconhecimento do impetuoso.”1

Nas lista o leitor poderá encontrar:

1 SLOTERDIJK, Peter. O zelo de deus: sobre a luta dos três monoteísmos. Tradução de Nélio Scheneider. São Paulo: Editora Unesp, 2016, p. 15.

ou

1 SLOTERDIJK, Peter. O zelo de deus: sobre a luta dos três monoteísmos. Tradução de Nélio Scheneider. São Paulo: Editora Unesp, 2016, p. 15.